Venezuela será o destino de mais 1.6 milhões de computadores e 50 mil tablets Magalhães

Venezuela será o destino de mais 1.6 milhões de computadores e 50 mil tablets MagalhãesO consórcio Youtsu, do qual faz parte a responsável pelo portátil Magalhães, vai produzir mais 1.6 milhões de computadores e 50 mil tablets para o projeto educativo do Governo venezuelano.

O negócio faz parte dos memorandos de entendimento e atas de compromisso assinados esta quarta-feira entre os dois países, no valor de 1600 milhões de euros, abrangendo diversas áreas.

Mediante o acordo, a YouTsu irá fornecer 1.6 milhões de computadores portáteis Canaima – o nome local dado ao Magalhães, à Venezuela e 50 mil tablets para o ensino universitário venezuelano.

Segundo a própria JP – inspiring knowledge, prevê-se que os equipamentos sejam entregues ao longo deste ano de 2014.

Recorde-se que a empresa portuguesa ganhou, muito recentemente, um projeto de 58 milhões de dólares na Bolívia.

O contrato inclui a construção de uma fábrica naquele país, bem como a produção inicial de 125 mil equipamentos para alunos e professores.

Entre os equipamentos alvo do negócio, estão computadores, tablets desenhados para a educação e os novos dispositivos 2 em 1, híbridos de tablet e computador.

Venezuela será o destino de mais 1.6 milhões de computadores e 50 mil tablets Magalhães

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Voltar ao topo