Portátil Magalhães no México com Paulo Portas

Paulo Portas rendido ao Magalhães

Paulo Portas rendido ao MagalhãesAgora foi a vez do Instituto de Estatística Mexicano ter escolhido os portáteis Magalhães para a recolha de dados para Census junto da comunidade escolar daquele país latino-americano.

O Instituto Nacional de Estatística e Geografia (INEGI) do México escolheu os pequenos portáteis, mal amados em Portugal, da JP – Inspiring Knowledge, para recolher dados dos Census junto de professores e alunos do país.

A empresa de Matosinhos associou-se a um parceiro local para vencer a licitação pública para o fornecimento deste projeto que pretende criar um atlas educativo do México e que envolverá cerca de 25 mil pessoas.

Para a concretização deste projecto, o INEGI escolheu o modelo convertível do Magalhães que permite a utilização em modo tablet.

Paulo Portas, ministro dos Negócios Estrangeiros, outrora detrator do portátil no qual se alicerçou todo o projeto e-escolinhas em Portugal, visita o México nesta altura e parece “rendido e arrependido”.

Portátil Magalhães no México com Paulo Portas

2 comentários em “Portátil Magalhães no México com Paulo Portas

  1. Esses senhores diziam mal de tudo, mas agora que lá estão, eu não vejo uma ÚNICA ideia.
    Ou melhor, uma ideia têm, mas é só mesmo uma:
    Sacarem-nos cada vez mais e levarem-nos à indigência.

  2. Somos um país de analfabetos qye só damos valor a porcarias que vem do estrangeiro, quando por da se fazem coisas úteis ao ensino das çriancas futuros homens cultos, eis qye se levantam os hipócritas qye estão na oposição, e qye não sendo capazes de gerar nenhuma ideia para o país, decidem denegrir as ideias de gente com muita visão. Afinal depois de irem para o poleiro já decidem apadrinhar a ideia, porque entretanto foram obrigados a perçeber qye outros países adotaram às nas ideias do nosso grande primeiro ministro. Qye dizer de gente impreparada, invejosa, e imbecil, que nos governa, quando vão aproveitam as ideias boas do anterior governo por canalhice, mas afinal pavoneiam se no estrangeiro e engolem s sapos da medioçridade. Palhaçada imbecil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Voltar ao topo