Portátil Magalhães versão 2.0

Portátil Magalhães versão 2.0Embora o actual Magalhães ainda não tenha conseguido chegar a metade das crianças portuguesas do primeiro ciclo, muito menos do segundo, já está na forja uma nova versão do Magalhães. Apesar de o portátil Magalhães ser relativamente novo, a sua fabricante, a JP Sá Couto, está já a trabalhar no desenvolvimento da próxima versão, ao que tudo indica, incorporando bem mais componentes portugueses e mais adequado às especificidades e necessidades dos nosso alunos.

Na semana passada, foi assinado um Memorando de Entendimento com o Centro para a Excelência e Inovação na Indústria Automóvel (CEIIA) para o contínuo desenvolvimento da iniciativa Magalhães. O evento teve lugar em Sintra, no Hotel Penha Longa e contou com a presença de Craig Barrett, o CEO da Intel, que continuará no projecto e com o Primeiro-Ministro José Sócrates.

Ao contrário do que acontece com o actual Magalhães, baseado na segunda versão do Classmate da Intel, o próximo modelo do portátil português, será concebido em conjunto pelas três entidades signatárias do acordo: JP Sá Couto, CEIIA e Intel.

O CEIIA, associação portuguesa sem fios lucrativos, assumirá um papel importante no desenvolvimento, apoiando para além da concepção, também a própria industrialização do novo Magalhães.

É desejo das três entidades que o Magalhães, como iniciativa Educativa global, continue a contribuir para o desenvolvimento na educação de milhares de jovens estudantes, a um preço acessível. Capacidade Wireless nativa, baixo custo, ser à prova de água e de choque, e estar equipado com software educativo, adaptado aos programas educacionais das escolas, continuarão a ser premissas essenciais a marcar no médio e longo prazo, a evolução da iniciativa Magalhães.

Comunicado

Technorati :

Portátil Magalhães versão 2.0

13 comentários em “Portátil Magalhães versão 2.0

  1. “baseado na segunda versão do Classmate da Intel”
    Na segunda? O que estão (estarão?) a distribuir pelas escolas é a sucata da intel, baseado na primeira geração, um tal celeron, não o da segunda baseado no atom.
    Estou certo ou errado?

  2. Não deve ter percebido aquilo que escrevi ou eu não entendo o que está no link.
    O que estão a distribuir na e-escolinha é o “First Generation” “Intel® Celeron M 900MHz Processor” e não “Second Generation” “Intel® Atom N270 1.6GHz Processor”. A versão que estão a distribuir podem-lhe chamar segunda geração mas é igual à primeira excepção à câmara e ” embrulho”!
    A intel arranjou maneira de despachar os restos de colecção. Não se pode comparar o celeron ao atom.
    Não quero tirar o mérito à iniciativa dos operadores nem do governo, muito mais coisas positivas que negativas.
    Há ainda grandes incógnitas quanto à distribuição e acesso à internet.
    Há um operador em que o acesso é mais caro que o normal!

  3. Sou Universitária Caboverdiana e pretendo fazer um trabalho final cujo o título éTecnologia de Informação e Comunicação TICs no Ensino Básico Integrado EBI : potêncialidades e desafios para Cabo Verde.
    Sabendo que se trata de um país pobre onde é difícil para não dizer impossível cada aluno um computador como fazer para ter TIC nas escolas do EBI? Adorei esta iniciativa Magalhães e acho que vocês poderiam me ajudar neste trabalho com email sugestivos e não só…
    Obrigada
    Nery Furtado CV

  4. Raimundo: Compreendi perfeitamente, mas permita-me que continue a discordar 🙂
    Está lá no link … o Magalhães é baseado na 2ª geração, que pode vir equipada com Celeron ou Atom.
    Aliás, alguns Magalhães já terão o Atom – ver artigo.

  5. Bom dia recebi ontem pelas 23.30 horas uma mensagem no telemovel com referencia multibanco para pagar os 50 euros para o magalhaes ser entregue na escola não será burla?

  6. Carlos Mendes: Já é a segunda pessoa que faz essa referência … é prudente confirmar, até porque a informação que tem sido difundida aponta para os pagamentos estarem a ser realizados aos professores, como intermediários no processo.

  7. nao consigo abrir nenhuma pagina de internet a nao ser as que vem ja adicionadas nos favoritos. o que posso fazer?
    obrigado.

  8. “9. karla nunes diz:
    17-Dezembro-2008 às 21:41

    nao consigo abrir nenhuma pagina de Internet a nao ser as que vem ja adicionadas nos favoritos. o que posso fazer?
    obrigado.”

    Para conseguir visualizar todas as páginas da internet tem que entrar nas definições do progama de controlo parental “Parents Carefree” e alterar as definições da directriz criada.

    Consultar o seguinte documento PDF que contem todas as informações necessárias http://www.seguranet.pt/index.php?action=file&id=23&module=repositorymodule

    Espero ter ajudado

  9. Para a Nery Furtado, de Cabo Verde,
    Cara Nery, caso ainda esteja ‘de volta’ desse trabalhp, que acho não só relevante, mas também muito interessante, disponibilizo-me para lhe prestar alguma colaboração.
    Para isso, informo o meu endereço de e-mail (que não é confidencial) : anelaze@gmail.com.
    Entretanto, sei que Cabo Verde já tem alguns Portáteis Magalhães, mas não foram fornecidos pelos canais oficiais. São iniciativa de uma empresa privada.
    Aguardando as suas notícias, caso ainda necessite de alguma ajuda.
    Cumprimentos

  10. como não aparecia nem conseguia abrir o “Parents Carefree”, fiz a reinstalação do XP, agora só tenho o XP e o Office, como posso voltar a ter os outros programas, que vinham de inicio quando se iniciou o Xp pela 1ªvez?
    ou onde me teri de dirigir para o conseguir novamente?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Voltar ao topo