Nova versão do Magalhães apresentada hoje

Magalhães apresentada hoje” height=”158″ width=”220″ alt=”Nova versão do Magalhães apresentada hoje”/>Numa altura em que mais do que nunca, os pais desesperam pela chegada do Magalhães (a ver pelos crescentes comentários aqui no blog, aos quais infelizmente não sabemos dar resposta), a JP Sá Couto apresenta a nova versão do portátil Magalhães que deverá chegar ao público no último trimestre deste ano, precisamente a tempo do início do ano lectivo de 2009-1010. No entanto, não é certo que esta nova versão venha a ser distribuída como a anterior, ao abrigo do programa e-escolinhas.

A nova versão confirma algumas das dicas adiantadas aqui num post anterior (magalhães versão 2).

O novo Magalhães vai dispor de mais duas polegadas de ecrã (10″ em vez das 8″ actuais), um maior disco rígido, incluirá software para facilitar a leitura de textos em diferentes ambientes de luminosidade e integra uma caneta com a qual é possível transpor automaticamente a escrita manual para o computador.

O modelo foi desenhado, como havia sido na altura adiantado, em parceria com a Intel e com o Centro para a Excelência e Inovação na Indústria Automóvel.

João Paulo Sá Couto, um dos irmãos fundadores e administradores da JP Sá Couto, realçou que o novo Magalhães não vem substituir o anterior. Os dois Magalhães vão coexistir no mercado e os clientes poderão escolher o que preferirem. O preço da versão 2 do Magalhães não está ainda definido mas será mais caro que o anterior.

Demora na entrega do Magalhães I

Confrontado com as queixas relativas à demora das entregas do Magalhães nas escolas, João Paulo Sá Couto justificou os atrasos com o facto de o projecto ser novo e ter sido necessário tempo para resolver os problemas logísticos de distribuição, mostrando-se optimista na previsão de que até Março os computadores do e-escolinhas estarão entregues.

fontes: Público e RTP

Technorati : , , ,

Nova versão do Magalhães apresentada hoje

31 comentários em “Nova versão do Magalhães apresentada hoje

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Voltar ao topo