À espera que as operadoras entreguem os Magalhães

À espera que as operadoras entreguem os Magalhães

À espera que as operadoras entreguem os <a href=Magalhães“/>A JP Sá Couto está ansiosa por entregar mais Magalhães nas escolas do país. A empresa de Matosinhos responsável pelo fabrico do portátil português assegura estar apenas à espera que as operadoras dêem ordem para avançar com a entrega dos restantes portáteis, assegurando que antes do final do ano lectivo, cerca de meio milhão de Magalhães estarão nas salas de aula e na casa das crianças do 1º e 2º ciclo.

Um dos administradores da JP Sá Couto afirmou que a empresa dispõe neste momento, de um stock de dezenas de milhar de Magalhães, que aguardam luz verde das operadoras móveis para serem distribuídos.

Lembre-se que as operadoras são parceiras no Projecto Magalhães, uma vez que são elas que procederão à entrega e farão a gestão dos pagamentos do computador realizados pelos encarregados de educação dos alunos. É necessário escolher uma destas operadoras na respectiva declaração do e-escolinha (da qual apresentamos um excerto abaixo), mas reafirmamos que a adesão à Internet (serviço de acesso à banda larga) não é obrigatória. A escolha da operadora (acima) não obriga a qualquer aquisição de serviços de banda larga.

excerto-declaracao.png

Technorati : , , , ,

9 Comentários

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.