Idioma Inglês: a extrema importância das crianças o dominarem

Idioma Inglês: a extrema importância das crianças o dominarem

Idioma Inglês: a extrema importância das crianças o dominaremActualmente, é duma importância extrema o domínio escrito e falado da língua inglesa. O Inglês constitui praticamente, embora formalmente assim não seja enunciado como tal, o idioma universal, aquele que qualquer um, em qualquer parte do mundo, deverá dominar, se quiser ter sucesso nesta era de Globalização.

O Inglês conseguiu o estatuto de ser invariavelmente a alternativa à língua de origem de qualquer país, depois de há décadas atrás, o Francês parecer estar à frente nessa corrida, ou mesmo o Português e o Castelhano terem sido artistas primários da Globalização, nos tempos idos em que Tordesilhas nos prometeu meio mundo.

Seria espectável que um idioma construído artificialmente, logo não experimentado por qualquer população que o usasse para viver, para trabalhar, até para amar e sofrer, nunca poderia vir a constituir uma língua franca, conforme as aspirações de Ludwik Lejzer Zamenhof, ao tentar moldar o Esperanto para esse propósito. O Esperanto nunca vingou, e hoje é quase unânime que a tal língua franca para toda a população mundial é o Inglês.

Se já no passado, era imperdoável nalgumas profissões a não completa fluência do Inglês: aos políticos, jornalistas e apresentadores, hoje em dia, generalizou-se essa necessidade a quase todas as profissões, e até não profissões … nos anos de escolaridade mais avançada, o não domínio do Inglês é uma grave desvantagem com que o aluno se pode deparar, dado que os assuntos mais actuais, a última palavra sobre qualquer tema, geralmente é primeiramente escrita em INGLÊS.

Na Informática, o conhecimento do Inglês é essencial. Se os sistemas operativos e as principais aplicações de produtividade são já hoje localizadas para Português (é só esperar algum tempo após o lançamento do software na versão original em Inglês), muitas outras aplicações de software, algumas que poderão fazer a diferença em termos de produtividade, não são traduzidas para Português, e o utilizador, tem mesmo que dominar os conceitos, os menus, e os textos da ajuda na língua de Sua Majestade.

Se além disso, pensarmos que a grande fonte de informação actualmente é a Internet, e que esta é esmagadoramente constituída por textos em Inglês, então está mais que justificada a necessidade de incentivarmos os nossos filhos desde bem pequenos a aprenderem este idioma.

Como nem todos temos a possibilidade de permitir às nossas crianças desde tenra idade o acesso a escolas bilingues onde se habituem a falar o inglês, o que tem sido fortemente apontado por especialistas como uma porta de entrada para o sucesso no mundo globalizado, resta-nos aproveitar iniciativas como esta do Magalhães para fazer com que tomem contacto com o Inglês através da Internet, consubstanciado com alguma ajuda em casa e com material didáctico nesta língua.

Mas para os apoiarmos precisamos estar relativamente à vontade com a língua de Shakespeare.

Em casa, poderemos realizar aulas juntos no horário que a oportunidade nos permitir, e ao ritmo que nos for possível, daí a sugestão dos Cursos de Inglês da BBC, o que só pela entidade que os tutela já é uma garantia de qualidade.

Technorati : , ,

3 Comentários

  1. Pingback: Vídeo sobre a importância de falar Inglês | Portátil Magalhães

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.