Formulário para adesão ao Magalhães

Formulário para adesão ao Magalhães

O Formulário pelo qual tantos desesperavam já está online. Se a Escola já lhe deu o código de activação, já pode subscrever o Magalhães pelo formulário que já está disponível, como se suponha, no site http://www.eescola.pt/. No site, procure pelo menu inscrição.

Não se esqueça de vir aqui mais tarde dar conta de quanto tempo lhe demorou a chegar o Magalhães. Nós agradecemos, bem como todos os que aqui têm vindo procurar informação sobre o portátil das crianças. Obrigado 😉

Technorati : ,

74 Comentários

  1. oi

    sou um aluno do 6 ano e estou indesiso entre o Magalhães e os da e-escola plz podem-me dizer qual e o melhor para a minha idade???(tenho 11anos)

  2. Bom Dia
    Venho aqui tambem manifestar o desagrado pela ausência de informação por parte dos responsáveis pelo programa em questão, depois de apresentarem o computador, depois de o entregarem com pompa nalgumas escolas, fica a faltar um compromisso sério das previsiveis data de entrega aos restantes alunos, pois a ansiedade destes vai crescenco e o pais não têm como explicar o porquê de não haver um Magalhães para todos.
    Mas reparo também que não são só as crianças que desesperam , existem aqui muitos pais que estão tanto ou mais desesperados, pois só assim compreendo a forma como se branqueia e critica o maior passo de desenvolvimento tecnológico do nosso Portugal. Este programa juntamente com o E-escolas será a garantia que os nossos filhos terão um Portugal realmente europeu, com todas as oportunidades que isso acarreta, daqui a vinte trinta anos estaremos de certeza na vanguarda da europa, pois com o nosso engenho inato temos agora a possibilidade de dar as ferramentas necessárias aos nossos filhos. Não desesperem. Todas as grandes obras demoram o seu tempo e o Magalhães nem vai demorar tanto assim pois para o ano haverá eleições.

  3. Tanto quanto sei e recebi hoje uma carta da escola com instruções, passo a dizer:
    Temos de preencher um formulario, nada de codigos, e esperar que nos peçam o pagamento e só depois levantar o computador na escola. Quem lidera todo este processo é o professor. Quanto tempo demora não informa.

  4. Pedro.. vai pelo e-escolas, pois os PCs agora têm melhores características. Com a tua idade´o Magalhães já está um pouco ultrapassado. A TMN tem boas ofertas em termos de equipamento, apesar de a Internet não ter lá muito boa fama.

    QUanto À forma de requisição do Magalhães, não concordo que nos obriguem a ter intermediários… o processod evia ser igual ao do e.escolas, pois não pretendo receber o Magalhães com o processador “ultrpassado” Centrino de 900MHz. Estou À espera do Atom…

  5. BOA NOITE.
    Estou a gostar tanto deste maquiabelico “magalhães” mas já informei o meu filho qua anda na antiga terceira classe o mais certo era que só vinha quando passar para o antigo primeiro ano. Meus queridos amigos e pais não se iludam as eleições estão á porta. O negócio è tao bom que a empresa que vai fornecer o amigo “magalhães não deve nada ao fisco, caso contrário não poderia celebrar um contrato com o estado Portugês (esculpem com o senhor josé socrates.

  6. Gostava k alguém m disse se quando é k as escolas do interior vão receber os codigos para o Magalhães .Visto k os professores nem sabem do k se trata .E ñ estou a brincar isto aconteceu na escola da minha filha. Espero sinceramente k o Sr .Primeiro Ministro Ñ s esqueça k na Beira baixa também a crianças ñ é só em Lisboa,e no Porto

  7. Lamentávelmente este blog passou a ser mais um site para dizer mal do que para esclarecer. Desde o inicio foi dito que até ao final do ano estariam disponíveis 400.000 magalhão, pois como é sabido não existe capacidade de produção do magalhães ilimitada. Obviamente que para ser feito “como alguem disse” com calma só seria possível implementar a medida para o próximo ano. Mesmo assim prefiro aguardar alguns meses a um ano completo e mais um ano lectivo passado.

  8. Pois é APC. O meu amigo tem toda a razão mas…

    Se eu agarrar em 285€ tenho um Magalhães e imediato.
    Afinal onde está o problema?
    Na capacidade de produção limitada ou a incapacidade ilimitada de quem governa?

    “Viva o plano tecnológico”
    “Viva o nosso Primeiro Ministro”

  9. O nosso 1º Ministro diz que o Magalhães é um computador dos 7 aos 77, visto a minha mãe ter 74 e gostaria de se iniciar em inf. como utilizadora, será que estará abrangida por algum plano? Ou terá que o adquirir com a sua parca reforma? São 74 anos cheios de energia, saúde e muito lúcida.

  10. Corre na escola da minha filha (conversas entre pais) que quem aderir ao e-escolinha adquirindo o magalhães não poderá adquirir o computador do programa e-escola quando ingressar no 7.º ano de escolaridade.
    Estou em crer que não será verdade, pois parece-me que essa informação teria que ser dada aos pais antes de adquirirem o magalhães.
    No entanto gostaria de saber mais informação sobre isto.
    Obrigada.

  11. Anabela: Já foi aqui referido por outros pais, que contactaram o Ministério, que isso não é verdade.

  12. boa noite.
    desculpe estar a enviar esta mensagem a esta hora mas e que pouco e o meu tempo. a minha afilhada ta inscrita para obter o “magalhães” e a mais de um mes que não obtem qualquer tipo de resposta. agradecia saber quanto tempo mais terei de esperar.
    obrigada

  13. Anabela: Infelizmente não lhe sabemos dizer. Aqui no blog não estamos ligados ao programa de distribuição dos Magalhães. Apenas damos notícia. A estimativa é que até Abril, estejam todos entregues. 🙁

  14. Há uma situação que me está a causar alguma confusão e gostava de ver se alguém a pode esclarecer.
    Foi anunciado pelo sr Primeiro Ministro que o projecto Magalhães iria ser alargado aos alunos do 5º e 6º ano. Aliás, notícia também já confirmada aqui neste espaço.
    Ora, as operadoras móveis, que pelo que parece vão ser as responsáveis pela sua distribuição mesmo que não seja adquirido o acesso à Internet, têm já um formulário de pré-adesão no qual apenas constam os alunos do ensino básico (1º ao 4º ano), caso da TMN, por exemplo.
    Será que foi mais uma promessa não cumprida do nosso Primeiro Ministro ou há aqui algum mal entendido?

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.