Especificações de Hardware do portátil Magalhães

No início de Agosto, aquando da publicitação da Iniciativa Magalhães, este nosso artigo dava conta da especificação de hardware mais provavel para o portátil português. Passados quase dois meses, é possível apontar com rigor com que configuração de hardware chegarão os primeiros Magalhães às nossas crianças:

  • Processador: Intel Celeron M 900 MHz
  • Memória: 1GB
  • Disco rígido: 30 GB particionados do seguinte modo – 10GB Windows; 10GB Linux CM; 10GB Dados do utilizador
  • Ecrã: 9 polegadas com uma resolução de 1024 × 600 pixels
  • Wi Fi: 802.11 b/g para ligações sem fios
  • Porta RJ-45 para ligações à rede com fios
  • Webcam
  • Colunas de som
  • Microfone incorporado
  • Portas USB: 2
  • Leitor e gravador de cartões de memória SD (Secure Digital)
  • Bateria de 3 células com autonomia estimada de 3 horas
  • Resistência: Choque e água
  • Peso: 1.4 Kg

Esta página apenas apresenta os detalhes do Magalhães quanto ao seu hardware – aos dispositivos físicos com que vem equipado.

Se pretender ter uma visão geral das especificações do Magalhães deve consultar a página com as Especificações de Software do Magalhães.

Technorati :

89 comentários em “Especificações de Hardware do portátil Magalhães

  1. Relativamente ao dual boot, desde os 4 anos que o meu filho agora com 5 “brinca” no linux, utilizando prog de desenho alterando as configurações de desktop temas etc, começou com um ubuntu, como entretanto formatei e ainda não tive opurtunidade de voltar a criar nova instalação linux, de pouco a pouco tenho que o ouvir perguntar : “já instalaste o linux ?” para já vai-se entretendo com um DSL (dam small linux) que funciona dentro do windows e que chama de “linux pequenino” !
    Caso para dizer, não seja pelos PEQUENINOS que não há de ter dual boot !

  2. Rui Rodrigues disse no dia 13-Outubro-2008 às 9:47 que tinha uma plac de Internet movel e não estar intressado em adquirir outra perguntando como deveria fazer a instalação da mesma, lamento que este blog” não tenha havido alguem que lhe tenha respondido, o que lhe posso indicar é que deveria perguntar ao seu fornecedor de Internet movel se o pode fazer ou entao ler os manuais e todos os papeis e documentos informativos que vieram acompanhados da placa de internet movel.
    O estar a colocar internet numa versão como a primeira que não tem sistema de segurança para navegar na Internet e completamente um absurdo meter uma criança na Internet sem que esta tenha um sistema adequado á sua idade pois o mais frequente é aparecer publicidade entre outras fontes de informações não adequadas para a idade da sua filha, tambem corre o risco ao frequentar Páginas WEB de ser lhe enviada informação não desejada como virus e outras formas de destabilizar o Sistema Operativo e seu Utilizador, sei que na segunda versão do Magalhaes a Microsoft incorporou várias aplicações para que se torne seguro a navegação WEB em Sistema Operativo Windows, não me pergunte é o que devem fazer os Educandos que compraram a primeira versão deste portatil pois até eu estou bem sem saber qual o protocolo que devem seguir para que tudo isto funcione de forma correcta e coerente.
    O instalar a plac que suponho deve ser placa de Internet movel o que queria escrever, se esta for auto instalavel só teria que a colocar no magalhaes depois de ter contactado o fornecedor de internet “quem lhe vendeu a placa de internet movel” se isto não acontecer e a USB de internet movel que tem no caso de trazer um CD terá que transferir a informação do mesmo para o disco rigido do magalhaes e apartir dai fazer a instalação, não se esqueça é que vai fazer algo que não está descrito nesta página,ainda não vi um Magalhaes ao vivo nem a documentação que vem com o mesmo,falo por perceber algo de informatica e hardware. Tenha sempre em atenção o facto de poder ter o Magalhes primeira versão, quanto ao OS Linux desconheço a compatibilidade entre o sistema e a placa internet movel o que faz com que não possa dizer qualquer coisa sobre o mesmo.
    Espero que esta informação seja lhe util ,lamento ser um pouco tarde a resposta.

  3. É caso para dizer “O povo Português nunca se dá por satisfeito” olhar sempre pelo lado negativo é o lema de muitos portugueses , preocupados com o dual boot , e se os filhotes vão gostar do linux ( porque os pais não conhecem ou não gostam os filhos têm que seguir-lhes os passos?).
    Acredito que muitos pais vão passar a ter conhecimento do linux através das crianças que por sua vez aprendem muito rápito e tem uma muito maior capacidade de adaptação, talvez tenham k ser as crianças a ensinar ao pais a trabalhar no linux e estes estão tão preocupados (não percam tempo com essa preocupação as crianças são muito mais inteligentes do que julgam os pais )

    Este projecto está de parabéns apesar de tanta má lingua, concerteza que o magalhães vai fazer diferença para muitas familias portuguesas, não para aquelas que tem um portátil para cada membro da familia concerteza a esses não lhes faz diferença um magalhães para os seus filhos por 50€, que deve ser o caso de muitos que se deram ao trabalho de vir aqui comentar .
    Mas para familias como a minha que não tem nenhum computador em casa e que o filho só têm acesso ao computador na escola, vai fazer muita diferença A realidade não é igual para todos.
    Concerteza que estas tantas criticas negativas vêm de muita gente para quem o magalhães é só mais um portátil para ocupar espaço em casa ao lado de mais 2 ou 3.
    Para o meu filho vai ser um presente que vai dar valor de certeza, se não fosse esta oportunidade de comprar o magalhães e.escola por 50€ não tinha computador tão cedo.
    Por isso só posso estar contente com este projecto.

  4. Alguem me sabe explicar este post: 64. Classmate Magalhães, jp sá couto acha que somos todos parvos! « O Vigia diz:

    6-Novembro-2008 às 20:34
    […] Especificações de Hardware do portátil Magalhães | Portátil Magalhães Especificações de Hardware do portátil Magalhães […]

    Pois esperei dois dias para ver o meu ultimo post em www . portatil magalhaes. com / especificacoes -de – hardware – do – portatil – magalhaes/

    e fico admirado em ver este post o qual não consigo compreender o que quer dizer,o se estar abordar temas os quais não estão relacionados com especificações hardware do magalhães pode ser um motivo para este post que refiro estar aqui, como não sei se é o motivo fico a pensar um pouco sobre o mesmo e aqui estou para tentar saber o porque de ele se encontrar aqui.

    Creio não existir problema algum em se juntar o util ao agradavel e discutir hardware e tambem projectos os quais em desenvolvimento estão a beneficiar quem mais têm falta como é referido acima em vários outros post´s.

  5. Zx Spectrum 48k O comentário 64 não é propriamente um comentário, mas sim um trackback – uma referência a este artigo num outro qualquer site. Nós aqui somos muito liberais a aprovar trackbacks, mesmo aqueles que muitas vezes são relativamente inconvenientes … o leitor fará a distinção.

  6. Não vejo problema nenhum no aproveitamento de material obsoleto para portáteis de crianças. Quando crescerem o mais certo é trocarem de portátil, já para não contar com as prováveis avarias por brincadeiras e faltas de cuidado normais das crianças.

    Em relação ao comentário (ou barbaridade) sobre Linux não ser boa solução como sistema operativo para crianças devido à dificuldade q (pelo q dizem) oferece, não é bem assim. Tal como alguém já disse os interfaces usados em Linux hoje são bastante mais intuitivos q Windows (q é tudo menos intuitivo). O problema é q quando uma pessoa está habituada a uma coisa q se aproveita da preguiça humana (para além de fazer tudo “nas costas” do utilizador) não consegue mexer numa coisa nova. A reacção q os utilizadores do Windows têm com Linux é a mesma q têm com OS X. Logo, para uma criança q nunca mexeu num computador não vejo problema nenhum na implementação de um sistema operativo muito mais estável, ético e livre como Linux. Enquanto formador de Linux e Windows tenho vindo a observar precisamente q as pessoas q nunca usaram computador têm muito mais facilidade em se adaptar a Linux.

    Mas o zé povinho não está contente com nada não é? Infelizmente o problema da maior parte dos portugueses já vem de há 500 anos…

  7. Há aqui gente que fala do processador do Magalhães com se fosse um roubo. Em 1º lugar é um computador para uma criança que está a começar, a óptimo preço. Em 2º funciona muito bem e é suficiente para as taréfas da escola (o que me parece ser o mais importante). E em 3º Lugar, é um computador que pode e deve ser sibstituido no 7º ano por um outro da campanha e-escolas.

  8. 66. admin diz:

    19-Novembro-2008 às 15:48

    Ok, qualquer das formas fiquei sem perceber o motivo para este se encontrar aqui, enfim tambem não é algo relevante para me preocupar e acabei por aprende mais um termo técnico ” trackback “.

  9. 68. magalhães equilibrado diz:

    20-Novembro-2008 às 14:53
    Há aqui gente que fala do processador do Magalhães com se fosse um roubo…

    R: por acaso sabe de que processador se fala quanto anos tem e á quantos anos já nem se fabrica? se for bom a matematica faça a relaçao preço/qualidade/desempenho e é impressionante mas o magalhaes é um dos computadores com menos capacidade de processamento, desempenho, e armazenamento do mundo. Lá a Intel vendeu um monte de sucata e os outros lá aproveitaram para tapar mais um buraco nas contas…

  10. Partindo do principio que o objectivo é auxiliar a escola, então devíamos estar perante uma ferramenta disponível nas bibliotecas seguindo o mesmo “principio” dos livros e restante material.

    Quanto ao Hardware, deve apenas ser o necessário para as ferramentas propostas, como browsing, office e relacionados com educação, caso contrário será desperdício.

    Windows não faz sentido algum neste ambiente. Caixa Magica ou qualquer outro sistema aberto é fundamental para que os estudantes possam aprender o seu funcionamento, altera-lo, e partilhar . Caso discorde é sinal grave de tecno-iliteracia que está em vias de extinção, devido a muitos factores, incluindo o Magalhães.

    Quanto ao preço, é realmente absurdo, 8=) , não confio nada nesta JP Sá Couto, só podem estar a gozar.

  11. A memória que vem instalada, 1GB DDR2 667 são 2 placas de 512MB, 1 de 1GB passível de ser expandida em slot extra?
    Pergunto pois tenho aqui umas placas DDR2 533 encostadas de 512MB e se houvesse possibilidade e vantagem acrescentava isto ao Magalhães que o meu filho está para receber…

    Cumprimentos,

  12. Realmente,

    É apenas mais um portátil, não traz nada de novo!!
    Quanto a inovação é zero, e ainda por cima apregoam fabrico!!

    Para quem não sabe o que eles fazem é assemblagem e não fabrico.
    Fabricar implica construir os componentes, assemblar é juntar o que já existe como qualquer vulga loja de informática faz!

    A iniciativa e-escola já prevê os portáteis, não entendo o que isto trouxe de novo, ou de mais valia tecnológica!

    Se querem inovar inovem em produtos novos que realmente tenham algum impacto no país e no meio do ensino caso seja este o campo.Algo que traga um avanço tecnológico e não seja limpar a cara a um Pc que já existe por um nome novo apregoar novas tecnologias, por o estado ao barulho e fazer um grande alarido com 1º ministro a trabalhar para eles.

    Inovação e avanço tecnológico ? Onde??

    Jamais gastaria dinheiro nisto, se quiser um portátil e for estudante usarei o e-escola.

    PS. já agora se os nossos ministros realmente usam o Magalhães e não precisam de mais nada, está explicado o porque da situação do nosso pais.

    Quanto ao linux tudo a favor nada contra.

    Cumprimentos.

  13. Caros amigos este projecto do nosso fabuloso José Sócrates é de louvar, mas pelo amor de deus não nos atirem areia para os olhos, após uma pesquisa acabei por encontrar um miniportatil igual ao grandioso Magalhães, criado nos EUA para os países de TERCEIRO MUNDO, bem visto isto talvez seja o portatil indicado para os portugueses visto que o mais provável é virarmos um pais de 3º mundo com os ministros que temos. O linux é um sistema operativo excelentee não haja dúvida mas para trabalho, para instalar um programa no linux é necessário códigos etc etc, pergunto-me eu se esse será o sistema mais indicado para as crianças. Outro pormenor um disco rigido de apenas 30 GB, das quais apenas 10 GB para dados do utilizador, o que eu acho no minimo gozar com a cara das pessoas, é verdade que foi um portátil concebido para crianças, mas apenas 10Gb é muito pouco e ainda diz o sr Sócrates que todos os seus acessores utlizam o Magalhâes pergunto-me eu onde é que guardam todos os ficheiros e dados.
    Cumprimentos e bom natal a todos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Voltar ao topo