Viva o Magalhães

Viva o MagalhãesNos últimos dias, mais uma vez, alguém veio aqui ao Blog falar no projecto OLPC e nas nobres intenções sociais do mesmo, em oposição ao Magalhães e à sua filosofia de desenvolvimento e marketing. Não temos nada contra o projecto OLPC. Até simpatizamos bastante com o princípio subjacente e com o seu impulsionador Nicholas Negroponte, mas não é defensável querer que o (já sabemos, que muitos não concordam com o adjectivo) portátil português tivesse por base esse projecto, pela simples razão, que desse modo nunca poderia ser uma iniciativa portuguesa.

Importar um produto fabricado na Ásia (Sim, o XO da OLPC teria sempre que vir da Ásia) seria algo completamente distinto do que está a ser feito com o Magalhães. Propiciaram-se condições para que um conjunto de empresas portuguesas, das quais a JP Sá Couto é líder, fabricasse cá o computador (em Matosinhos mais concretamente). Algo que não seria possível com o XO.

E se nesta primeira fase a incorporação de componentes fabricados em Portugal é reduzida, já está prometido pelos responsáveis do projecto o seu incremento progressivo até patamares bastante elevados.

Louvemos a iniciativa que permitiu que ocorresse em Portugal a primeira iniciativa europeia de Original Design Manufacturer (ODM). Louvemos o marketing do projecto – está a resultar em pleno, e as exportações atestam-no.

Perdoem-nos esta repetição, e este artigo de “louvor”, mas é que após tanto “bater” no Magalhães por parte de muitos, até aqui no blog, a quem obviamente temos dado “voz” quando o fazem com civilidade, achamos que não deveríamos deixar sobre os ombros de alguns dos que aqui comentam, a defesa do Magalhães.

Tentamos ter uma postura até relativamente passiva, dando as notícias e deixando os comentários para quem nos visita, mas nesta altura entendemos que o nosso silêncio se poderia confundir com apatia, e não é verdade. Por isso criamos este blog, porque somos pelo Magalhães, porque acreditamos no Magalhães, porque entendemos que é uma iniciativa de louvar a praticamente todos os níveis.

Outro factor que contribuiu para que este artigo tenha saído hoje, prende-se com uma peça que a TVI passou na passada sexta-feira no seu telejornal da noite, que me fez, a mim que escrevo, transbordar o copo da indignação por toda esta maledicência.

Entre diversas calinadas como referir-se a “software da Intel” e “notebook”, os senhores “jornalistas” que a assinaram, “bateram” imenso no Magalhães com argumentos que se conhecem desde Agosto – porventura os distintos autores da peça, só quase em Novembro deles tiveram conhecimento. E tudo, porque o nosso primeiro-ministro aproveitou (e muito bem digo eu, aqui ao contrário de noutras ocasiões) para fazer publicidade ao Magalhães na Cimeira Ibero-Americana.

Com certeza, os senhores da estação de Queluz ficariam mais satisfeitos que Sócrates em vez do Magalhães tivesse levado umas cassetes das extremamente educacionais, e de tradição e fórmula bem portuguesas, telenovelas da TVI.

Tantas críticas, tantos apupos, nalguns casos tanta maledicência … Ainda bem que o Magalhães é como é. Daí que todos estes ataques acabem por “resvalar na sua couraça de indiferença” do seu chassis em plástico resistente ao choque 😉

Technorati : , , , ,

Mini-Loja: ClueFinders software para crianças entre 8 e 12 anos
Os ClueFinders (seguidores de pistas) são um grupo de detectives pré-adolecentes que recriam um conjunto de aventuras numa colecção de...
Mini-Loja: Software educacional Reader Rabbit
Reader Rabbit é uma colecção de software criada em 1986 pela empresa norte-americana The Learning Company (TLC). Sob esta marca existem...

11 comentários a “Viva o Magalhães”

  1. ElTrovador diz:

    concordo. quem fala assim não é gago!!!

  2. joao diz:

    Eu gostava que o compputador magalhães estive-se no 2º ciclo ando no 6º ano e as senhas nao chegaram e acho que nunca chegaram a escola

  3. anónimo diz:

    Será que os alunos necessitam de um computador para serem melhores???

  4. Abel diz:

    O que disser mais da vergonhosa reportagem da TVI? Imagino como é que a TVI noticiaria os Descobrimentos Portugueses….de certeza que encontravam algum ângulo para disser que nós não descobrimos nada porque quem lá “morava” já conhecia aqueles sítios à muito tempo :)!! Enfim muito mesquinhos, mas penso que os portugueses já conseguem ver através destas colunas de fumo!!! Viva Portugal, que não é perfeito, mas também quem é? a TVI?

  5. Gabriela diz:

    Eu vou ter o magalhães!!!! O magalhães é bonito

  6. Ana diz:

    Boa noite
    Recebo vossos mails diáriamente.Agradeço a vossa atenção.
    AGORA TENHO UMA UNICA COISA PARA AQUI COMENTAR:::::::::::::::::::::
    ENVIEI LÀ; O MAGALHAES PARA O MEU FILHO……………E DEIXEM-SE DE HISTORIAS.
    ESTAMOS À ESPERA DO MAGALHAES JÁ HÁ MAIS DE ! MES E MEIO.
    E NADA DE MAGALHAES.
    SÒ IREMOS ACREDITAR …………….QUANDO O VIRMOS……………….
    DITADO MUITO ANTIGO: VER PARA CRER
    MEU FILHO ESTÁ NO 1º ANO DA EB1 DO MURTAL…………….PERTENCE AO AGRUPAMENTO DA ESCOLA DE SANTO ANTONIO DA PAREDE( LINHA DO ESTORIL)……………….PORQUE È QUE SÓ OS MENINOS DE LISBOA TEEM DIREITO AO MAGALHAES?????????????????
    ENVIEI LÀ O VOSSO DITO!!!!!!!!!!!!!!!…………….?????????????????::::::::::::……….!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    MAGALHAES………..PARA OS MENINOS DA EB1 DO MURTAL………..PERTENCE AO AGRUPAMENTO DA ESCOLA DE SANTO ANTONIO DA PAREDE……………ACABEI DE REFERIR A CIMA………………MAS INSISTI……………….PARA NAO DIZEREM QUE NAO TINHAM O NOME DA ESCOLA.
    ENVIEIM LÀ O FAMOSO MAGALHAES.
    DEPOIS SE È REALMENTE O QUE VOCES PROCLAMAM::::::::::::::TEEM MAIS ENCARREGADOS DE EDUCAÇÂO DO VOSSO LADO…………..TEM LOGICA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! CERTO???????????????
    AGORA SE VOCES ……….SÒ FALAM E FALAM E NAO FAZEM NADA…………….ESSA POLITICA NEM DÀ NEM NUNCA DEU……………ACREDITEM

    MAIS DE 500 ENCARREGADOS DE EDUCAçÂO …………ESTAMOS À ESPERA…………DE VOSSA RESPOSTA:::::::::::::::::::::::
    E CLARO……………..DO FAMOSO MAGALHAES.

  7. Carlos Nugas diz:

    Olá forum, desde não deixar de criticar a TVI pela reportagem que fez sobre o MAGALHÃES sim com letra grande porque estou muito orgulhoso do que o governo fez com parcerias certas ao apresentar o magalhães dentro e fora do país, até vos digo mais as TV’s deviam era mostrar o que de melhor se faz cá e não o pior.
    mas quanto ao maravilhoso magalhaes ja estive a opurtunidade de mexer com ele e adorei e estou a pensar comprar um para a minha empresa para poder ter um portatil com excelente mobilidade, e para os mais novos vai ser fantastico eles poderem usarem e abusarem com eles.

  8. […] em Chengdu, na China, o país onde são fabricados os XO – os computadores de baixo custo do Projecto OLPC de Negroponte, que muitos defendem em oposição ao Magalhães. Nesta que é a segunda prova do campeonato, após […]

  9. Fátima diz:

    Gostaria de saber (e já fiz tantas vezes esta pergunta que talvez haja alguém que se digne responder), para quando é que o protátil mais circun-navegante, não faz escala nas escolas privadas???

  10. Berserk diz:

    Olá a todos,
    Depois de tanto ler acerca do Magalhães (essencialmente mal), gostaria de deixar uns apontamentos que considero pertinentes e que servirão principalmente para esclarecer os pouco esclarecidos ou alguns espíritos fracos e pouco pensantes que existem por ai. Vou segmentar o meu ponto de vista com títulos ilustrativos:
    .1 – O que é o Magalhães?
    Para quem não sabe o Magalhães é um portátil de baixo custo que foi pensado em duas vertentes, Hardware, Sistemas Operativos (a saber, Windows XP e Caixa Magica, ou seja Linux) e segunda vertente e a mais importante, os Conteúdos.
    Em relação ao Hardware, esse tem como base Tecnologia Intel, a assemblagem, configuração, criação de conteúdos e distribuição Empresas portuguesas. Os conteúdos são didácticos e assentam na estrutura programática do M. Educação. Aprender a ler e a escrever português sem Ks vai ser mais fácil e divertido.
    .2 – A distribuição
    Quando se fala de acções sociais como os projectos e-escolas e e-escolinhas (digo sociais porque o estado intervêm com financiamento), o processo é sempre lamentoso. Já sabemos que no que respeita aos processos onde existam instituições, enfim “bussiness as usual”. Tudo corre mal porque empresas privadas a interagir com os decrépitos sistemas do estado, acabam por falhar. È no entanto o único ponto negativo sobre este projecto. Mas isto leva-me ao ponto seguinte e final.
    .3 – O português

    Para variar, o nosso pais tem um comportamento caracterizado pela tacanhez e pela opinião pouco elaborada ou pouco fundamentada. Infelizmente houve quem usasse esta acção social (pagar 50 € por um portátil via escola) como prenda de Natal, e dai a enorme pressão no que respeita á distribuição. Algo que considero tacanho! Existe também a noção de muitos pais, que apesar de tudo, acham que os portáteis os vão substituir em casa já que na escola isso cabe ao professor. Errado mais uma vez. Dizer mal é mais fácil do que reconhecer algo que fizemos. Os outros são sempre melhores que nós. È nosso fado fazer de Calimero!
    È no mínimo mesquinho dizer que o portátil não é português porque existe HARDWARE idêntico noutro pais qualquer, ou porque o processador e outros componentes são da Intel (Norte-americana). Quem não se lembra do projecto UMM? O Jipe Português com MOTOR PEUGEOT? Continuamos (os portugueses) sem saber do que falamos, ou então com demasiado tempo nas mãos para dizer mal de iniciativas com valor acrescentado para a visibilidade do Pais e para captação de mercado internacional. Enfim.

    O que é que interessa que o Portatil Português seja importado para outros países? Muita gente não sabe ou nem quer saber se um projecto destes mexe ou não com o PIB nacional. PIB? O que é isso?
    4.Resumo
    Em resumo, o Portatil serve as nossas crianças não para substituir tudo e todos, mas para dar a oportunidade que trintões como eu nunca tivemos. O portati serve para ajudar a aprender, brincando. Serve para os pais interagirem com os filhos, serve para educar tecnologicamente as crianças que serão resultado directo do nosso comportamento amanhã. O Portati é Português porque foi pensado para servir a nossas crianças. Tudo o resto é paisagem!

  11. Berserk diz:

    O Portatil provavelmente não é incorporado em escolas privadas, porque inevitavelmente, a acção social não se aplica. Aplica-se a pessoas que não têm condições para pagar um colegio particular, por exemplo.

Deixe um comentário


Magalhães vitorioso no país do XO – China
Filipe Albuquerque ofereceu ontem ao Team Portugal uma primeira vitória no campeonato A1 Grand Prix, ao vencer a Feature Race da etapa...