Microsoft Learning Suite para o Magalhães

Magalhães” height=”147″ width=”200″ alt=”Microsoft Learning Suite para o Magalhães”/>O Learning Suite desenvolvido pela Microsoft, e que passará a equipar o Magalhães, está dividido em três áreas. Uma de Aprendizagem e Desenvolvimento de Competências, outra de Segurança e Antivírus e uma terceira para Comunicação e Colaboração. Cada uma destas áreas é composta por aplicações made by Microsoft. A Microsoft afirma que entre as prioridades deste pacote aplicacional está a relação com alunos e professores, mas igualmente com os pais, apontando como razão disso mesmo, o facto de um dos grandes objectivos desta remodelação ter sido a melhoria da interactividade do aparelho com as potencialidades da Internet.

O Microsoft Learning Suite inclui aplicações como o Microsoft Learning Essentials, o Virtual Earth, o Microsoft Matemática, e o Family Safety, entre outros, e vai estar disponível apenas mediante a compra do novo Magalhães. Quem já comprou um computador Magalhães, em princípio, segundo o que foi noticiado pela imprensa em geral, não vai poder instalar esta suite, ou melhor (corrigimos nós), não terá um acesso directo e convencional a este pacote de software.

Segundo fontes governamentais, a versão Magalhães com Microsoft Learning Suite terá como alvo preferencial o exterior, e Portugal terá o exclusivo da sua produção. A produção, poderá no entanto não ser assegurada apenas pela JP Sá Couto, o que constitui uma novidade, podendo então vir a ser realizada também por outras empresas, desde que portuguesas.

O impacto económico será poderá ser significativo, uma vez que sendo Portugal o único agente produtor e distribuidor do modelo, poderá capitalizar essa circunstância a seu favor, contribuindo determinantemente para uma maior penetração do portátil no mercado internacional.

Technorati :

Mini-Loja: Livros do Dr. Seuss
Theodor Seuss Geisel, americano nascido em Springfield no início do século XX, foi um escritor e cartoonista, tendo ficado conhecido...
Mini-Loja: Jogos educativos com as aventuras dos Zoombinis
Os Zoombinis são os pacíficos habitantes de uma ilha que lhe dá o nome – a Ilha Zoombini. Certo dia, as suas vida foram...

6 comentários a “Microsoft Learning Suite para o Magalhães”

  1. anabela madureira diz:

    Penso que o Pc Magalhães é uma óptima ideia, sendo um utensílio na vida das nossa crianças. no entanto, como tudo no nosso país, infelizmente, quem aposta na educação dos filhos e tudo faz pelos filhos, são os menos ajudados. Eu para adquirir um Pc para a minha filha tenho de desenbolsar € 50, ao contrário dos chamados carenciados que lhes poderá custar € 20 ou nada. é triste que este governo ainda não se tenha apercebido que é a classe média que investe na educação dos filhos e que tem de ser ajudados e não os chamados carenciados a quem tudo é dado e nada aproveitam, ou polo menos não o investem nos filhos mas sim em usufruto próprio e para coisas supérfulas.
    Sinto-me revoltada com este país, que só dá a quem nada quer fazer e só pensa em viver de esquemas e subsídios.

  2. Alexandra Santos diz:

    Estou plenamente de acordo com a sua opinião. Infelizmente os chamados carenciados são-no só no papel, pois não declaram todos os rendimentos às Finanças, como são os casos escandalosos dos empresários em nome individudual, esses são os falsos pobres e no final de contas cá estamos nós a pagar por eles!!! É o País que temos!!!

  3. Luis Ferreira diz:

    Vergonhoso! é só o que posso dizer.
    Vergonhoso que 2 senhoras que supostamente se acham “representantes” da nossa classe média, e que imagine-se, conseguem ter acesso a um computador e a uma ligação à internet para tecer os seus comentários num blog, conseguem vir aqui fazer a apologia de que a “coitadinha” da classe média não pode gastar 50€ num computador devendo esses mesmo 50€ ser pagos pelos “carenciados”. Sim, toda essa “escumalha” de pais da classe dos “carenciados” não passa de um conjunto de “mentirosos” e “gatunos” que não deveriam ter acesso a nenhuma regalia social. Melhor era até nem permitir que esses pais mandem os filhos à escola – isso é dar-lhes a possibilidade de virem a saber tanto como nós.
    Aliás vou propor que se faça aqui um petição: “MAGALHÃES: SÓ PARA A CLASSE MEDIA E ALTA! E DE BORLA! OS “CARENCIADOS” QUE O PAGUEM.”

    Não entendo sequer como é que se pode ter coragem para fazer estes comentários publicamente. Mal vai o nosso país. De facto!

  4. Luisa Mano diz:

    Luis Ferreira: Bem haja!
    Já ouviu o ditado português “preso por ter cão… preso por não ter?
    Melhor será ignorar comentários desta natureza.

  5. Alpha diz:

    A dúvida existencial mantém-se: o Magalhães é “material obrigatório”? É que há muitas escolas que estão a pedir expressamente que os alunos o adquiram.
    Onde é que se pode aceder a todos estes pacotes didáticos para o Magalhães? É possível instalá-los noutro computador para avaliação?

  6. El Tuga diz:

    Concordo com os primeiros comentários…sim essa gente que se declara coitadinha…sem posses…etc…a trêta do costume, no entanto sou e muita gente que tem de pagar impostos para sustentar tanto ócio para trabalhar, além de sustentar pelos impostos os seus maus vícios…pois é!!
    Não tem dinheiro para comprar livros, o magalhães etc no entanto dinheiro para a bica e tabaco além de outros bens desnecessários para isso tem dinheiro..haja paciência!!Estão no desemprego e ainda se podem dar ao luxo de recusar um emprego…gatunos a viver á conta do zé!!

Deixe um comentário


Fundação gestora do e.escolinhas com dias contados
A Fundação para as Comunicações Móveis – a entidade gestora do programa e.escolinha deverá ter os dias contados, pois estão a...