À espera que as operadoras entreguem os Magalhães

À espera que as operadoras entreguem os <a href=Magalhães“/>A JP Sá Couto está ansiosa por entregar mais Magalhães nas escolas do país. A empresa de Matosinhos responsável pelo fabrico do portátil português assegura estar apenas à espera que as operadoras dêem ordem para avançar com a entrega dos restantes portáteis, assegurando que antes do final do ano lectivo, cerca de meio milhão de Magalhães estarão nas salas de aula e na casa das crianças do 1º e 2º ciclo.

Um dos administradores da JP Sá Couto afirmou que a empresa dispõe neste momento, de um stock de dezenas de milhar de Magalhães, que aguardam luz verde das operadoras móveis para serem distribuídos.

Lembre-se que as operadoras são parceiras no Projecto Magalhães, uma vez que são elas que procederão à entrega e farão a gestão dos pagamentos do computador realizados pelos encarregados de educação dos alunos. É necessário escolher uma destas operadoras na respectiva declaração do e-escolinha (da qual apresentamos um excerto abaixo), mas reafirmamos que a adesão à Internet (serviço de acesso à banda larga) não é obrigatória. A escolha da operadora (acima) não obriga a qualquer aquisição de serviços de banda larga.

excerto-declaracao.png

Technorati : , , , ,

Mini-Loja: Software educacional Reader Rabbit
Reader Rabbit é uma colecção de software criada em 1986 pela empresa norte-americana The Learning Company (TLC). Sob esta marca existem...
Mini-loja: Software educativo com a Barbie
Quem não conhece a Barbie, a boneca criada em 1959 pela Mattel que faz as delícias das meninas. Nada melhor que a Barbie para as...

9 comentários a “À espera que as operadoras entreguem os Magalhães”

  1. sb diz:

    “…assegurando que antes do final do ano lectivo, cerca de meio milhão de Magalhães estarão nas salas de aula e na casa das crianças do 1º e 2º ciclo”
    antes do final do ano lectivo?????? quer dizer que se for no ultimo dia de aulas ainda estão dentro do prazo, não?

  2. admin diz:

    sb: Realmente … não é “grande promessa” 😉

  3. sb diz:

    exatamente, o problema é muito simples, não á data de entrega, os códigos estão congelados, o tempo vai passando…. e ao serem entregues no proximo ano depois não compensa porque quem anda no 4º. ano entao mais valia dizerem aguardem pelo 5º ano e depois escolham………

  4. João diz:

    Isto é mesmo à Socrates e a este Governo. Até ao final do ano lectivo e entrega? E já existem milhares à espera das operadores? Se o meu municipio fosse do PS já tinhamos magalhaes? Afinal o nosso governo nada manda?
    Se mandasse, mandava entregar os portateis enquanto funcionam.

  5. Célia diz:

    Boa noite a todos gostaria que me dissessem onde posso encontrar o contrato sobre o computador magalhães é que a minha irmã tem uma filha com 7 anos no 2º ano (1º ciclo), e está um pouco atrapalhda em preencher toda a papelada, pois gostaria de saber quais são as codições.

  6. santos diz:

    Boa tarde a todos, o problema é o seguinte, eu tenho um filho de 7 anos que chora todos os dias porque a prima já tem o magalhaes e ele não, é muito triste as crianças receberem noticias na televisão em Setembro que vai ser entregue magalhães nas escolas e já estamos em finais de Dezembro e magalhães nem á vista. Onde andem os magalhães? estão a ser destribuidos primeiro pelos paises vezinhos e depois é que os nossos irão receber, é muito triste os nossos serem sempre os últimos.

  7. Pedro diz:

    Distribuir computadores vocacionados para crianças do 1º ciclo é louvável, a complexidade da iniciativa é grande (especialmente no que toca a infra-estrutura e aos processos de formação, bem como à mudança comportamental de um sector poderoso e “resistivo” da função pública), mas a falta de informação é… lamentável.
    Tenho visitado regularmente o sitio e-Escolinha (http://www.eescolinha.gov.pt/portal/server.pt/community/e-escolinha) que se afirma como a fonte de informação adicional sobre o Magalhães, mas o sitio não deixa transparecer qualquer informação quanto ao prazo de entrega pelas operadoras, nem qual o progresso que o processo de distribuição estará a ter. E a ausência de informação causa alguma ansiedade e dá oportunidade à especulação.
    Podíamos aprender bastante sobre a comunicação na gestão de crises com os ingleses, “I say”.

  8. Bruno Martins diz:

    Boa tarde.
    Aquando do preenchimento da declração escolinha, por lapso aderi ao serviço de acesso a banda larga, posso desistir do mesmo visto ter internet em casa??

  9. ANA PAULA FERREIRA ROCHA diz:

    ola boa tarde,gostaria de saber se me arranjam um magalhaes novo para a minha filha,ou em que lojas de coimbra posso encomendar um magalhaes

Deixe um comentário


JP Sá Couto: os pais do portátil Magalhães
Desde que foi anunciado o primeiro portátil made in Portugal, o Magalhães, que as notícias se dividem quanto à propriedade do mesmo....